“É logo ali”. Conheça por que a cada dia mais empresas migram para Minas Gerais

Exoneração de ICMS, localização estratégica e excelente estrutura logistica: ingredientes para quem busca redução de custos e competitividade.

Divisa entre Minas Gerais e São Paulo. Cada dia mais indústrias atravessam essa fronteira. E não é por causa do pão de queijo. Entenda os bons motivos que
levaram a industrialização do sul de Minas.

Com matriz em Santos e filiais em Campinas, Guarulhos e Varginha e ponto de apoio em Lagoa Santa (Confins), a ACL Cargo tem transportado cada vez mais as cargas de seus clientes para todos os portos secos de Minas Gerais, especialmente para o Porto Seco Sul de Minas, localizado no município de Varginha. Isso tem ocorrido porque neste estado são oferecidos benefícios fiscais como por exemplo, a exoneração no ICMS nos processos de importação, distribuição ou industrialização das mercadorias. A boa malha rodoviária com pedágios muito mais baratos que os de São Paulo (especialmente para o sul de Minas) também contribui para o aumento do volume de cargas transportadas para esta região.

Localizado de forma estratégica, Varginha está a 300 km de São Paulo e Belo Horizonte, 380 km do Rio de Janeiro e Santos e a 325 km do Aeroporto Viracopos e Campinas, áreas que, juntas, geram 65% do Produto Interno Bruto (PIB) do País. E oferece soluções logísticas sob medida para empresas que necessitam escoar de forma estratégica seus produtos. Várias empresas recém-chegadas em Minas Gerais, atraídas pelos incentivos fiscais do estado, encontram no Porto Seco Sul de Minas e na ACL Cargo, parceiros estratégicos na logística de redução de custos.

Estrutura

O diretor Marconi Maurício Miranda explica que o Porto Seco Sul de Minas conta com Armazéns Alfandegados (15 mil m² de área coberta, incluindo área climatizada, câmara fria e armazéns químico e farmacêutico, além de 30 mil m² de área descoberta para estacionamento e pátio de contêineres) e Armazéns Gerais (28 mil m² de área coberta para recebimento, conferência, guarda e movimentação de mercadorias e mais 27 mil m² de área descoberta para estacionamento e pátio de contêineres).

Porto Seco Sul de Minas, em Varginha. Estrutura e localização estratégica, onde o tempo para liberação dos processos de desembaraço são muito pequenos se comparados com outros recintos alfandegários. Aliado ao incentivo fiscal do estado, as condições excepcionais para significativas reduções de custos estão criadas, trazendo competitividade e lucratividade.

Investimentos

Segundo Breno Nogueira Paiva, gestor do Porto Seco Sul de Minas, em setembro de 2014, em parceria com o Fundo de Desenvolvimento Imobiliário do Banco Credit Suisse Hedging-Griffo, iniciou a construção de dois galpões modulares de 28.296 m² cada, no mesmo condomínio industrial e logístico que está situado o recinto alfandegado. Os espaços estão disponíveis para locação com menor módulo possível de 4.423 m² e previsão de entrega em julho de 2015. Breno fala sobre grandes empresas que estão chegando – Tem espaço para quem quiser vir – cita com otimismo enquanto mostra a grande área disponível para novos galpões, ao lado dos que são levantados em tempo recorde.

 

Conforme o diretor de Tecnologia da Informação da ACL Cargo, Marco Antonio Carvalho (que nasceu em Uberaba), o objetivo da ACL Cargo é mostrar aos clientes que “logo ali” (como diz o mineiro), reduzir custos é possível, viável, real e rápido, com toda segurança, e em um local que ofereça espaço, estrutura e apoio logístico. “Desta forma, todos saem ganhando”.

Open chat
Podemos lhe ajudar?